11 de fevereiro de 2016

Futuro da odontologia exposto em congresso internacional no Brasil

Inovações dispensam uso do motor em tratamento da cárie e surge até cadeira que faz massagem no paciente

Evento ocorreu em janeiro em São Paulo com público de 70 mil pessoas. Foto: Flickr/Reprodução

Evento ocorreu em janeiro em São Paulo com público de 70 mil pessoas. Foto: Flickr/Reprodução

 

Um dos mais importantes do mundo, o Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo (CIOSP) ocorreu neste início de 2016, na capital paulista. O evento traz as inovações da profissão e reúne cerca de 300 expositores, entre dentistas e fabricantes de materiais para consultório.

Inovação

Mas se você pensa que a tecnologia exibida nessa feira não tem nada a ver com a sua vida, está completamente enganado. Uma das novidades é o tratamento de cárie que dispensa o uso do motor, das brocas e da anestesia.

O fabricante explica que a restauração é feita com dois produtos, que isolam a cárie, matando-a por inanição em até dois meses. Em Pernambuco, um tratamento alternativo à cárie foi patenteado. Nós falamos sobre a inovação científica do estado aqui no blog.

Existem novos equipamentos para deixar o paciente ainda mais à vontade no consultório, já que, segundo pesquisa da Sociedade Americana de Odontologia, três em cada 10 pessoas têm medo de ir ao dentista.

Um expositor trouxe um tipo de cadeira que dá massagem no paciente enquanto ele é atendido pelo dentista no consultório. Outro fabricante promete fazer radiografia da face com menos radiação.

Além do congresso, uma feira vinculada ao evento se consolida como uma das mais importantes na área de odontologia no país. A programação trouxe palestras, workshops e cursos de especialistas em diversos temas da área.

Ao todo, a organização do CIOSP informa que nesta edição de 2016 (que terminou no dia 30 de janeiro) o público foi estimado em 70 mil pessoas. O evento ocorre há mais de trinta anos. Ainda não há informações sobre o congresso de 2017.

 

 

Comentários deste post